O 3º Festival Internacional de Humor, através da exposição Traçando o Brasil – Três séculos de Desenho de Humor, faz uma homenagem aos desenhistas brasileiros e conta com muita graça a história do Brasil através da caricatura, da charge e do cartum. Da política ao esporte, da ciência à vida social e econômica, o desenho de humor nos acompanha ao longo dos anos, provocando o riso, a interpretação irônica sobre fatos históricos decisivos para o nosso país.

Continuando a tradição, o Festival realiza também as exposições Prêmio Nacional de Desenho de Humor com os premiados e selecionados do Concurso Nacional e World Press Cartoon 2011, com uma mostra do humor gráfico da imprensa mundial.

O Festival recupera a memória do humor gráfico com obras que farão rir e ao mesmo tempo servirão de reflexão a respeito do humor e do nosso tempo, além de mostrar o melhor da produção contemporânea brasileira nessa área e uma oportunidade rara de se acompanhar o que está sendo criado em outros países.

Aos patrocinadores, Oi, Petrobras e Secretaria de Estado de Cultura/ RJ, aos apoiadores - Oi Futuro, O Globo, TV Globo, TAP - e ao Museu Nacional de Belas Artes agradecemos a oportunidade de manter viva a memória do país, em especial a memória do humor gráfico brasileiro.

Agradecemos carinhosamente a todos os desenhistas, seus herdeiros e colecionadores sem cuja contribuição generosa não poderia ter sido realizado o 3º Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro.

E por fim, “O Rio de Janeiro continua rindo”, frase de Millôr Fernandes que é o lema do nosso Festival.

Sejam bem-vindos!

 

Eliana Caruso
Direção do Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro


Desenvolvido por André Thiago Netto - andrethiagonetto@gmail.com